Principal

ATENÇÃO! CANCELADA a reunião do dia 27/11

27/11/2017


 

Convite para próxima reunião do GLAP Centro.
Presença confirmada do Sr. Pedro Tobias (PSDB), presidente estadual do partido, e deputado estadual por São Paulo.

16/11/2017


 

Conheça o Programa de Ação Política Maçons Paulistas, o GEAP-SP e a importantíssima função do GLAP – Grupo Local de Ação Política.
Este Programa é uma ótima oportunidade de Ação para a transformação social e progresso do nosso país.
Equipe GEAP-SP

16/11/2017


 

 

Convite do GLAP – Centro, para debate sobre a Reforma Política

22/08/2017


 

Carta Aberta do GEAP-SP – Grupo Estadual de Ação Política – lida na Sessão Solene em Homenagem ao dia do Maçom, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, em 21 de agosto de 2017.

21/08/2017

 

04/04/2017

Palestra sobre ação política na maçonaria paulista

Palestra sobre ação política na maçonaria paulista, a ser ministrada pelo Ir∴ Sérgio Rodrigues Jr.

23/03/2017

whatsapp-image-2016-11-30-at-17-58-38

O GEAP – Grupo Estadual de Ação Política, teve a sua inspiração na ” Carta da Maçonaria Paulista Contra a Corrupção” que foi editada em 20 de Agosto de 2007 e lançada na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, amplamente divulgada em vários  periódicos da mídia impressa.

Destacamos um importante tópico desse histórico documento:

” … Combater a corrupção em todas as suas formas, é um dever maçônico e uma exigência da sociedade, acabando com essa epidemia social que subtrai do povo a possibilidade de uma vida digna e o pleno exercício da cidadania, negando a todos o direito à esperança de um futuro melhor…”

O GOSP- Grande Oriente de São Paulo, cerrou fileiras com o MPF- Ministério Público Federal apoiando o Projeto de Lei de Iniciativa Popular – ” 10 Medidas Contra a Corrupção” subscrevendo-o com milhares de assinaturas de seus membros, cumprindo assim, outra vertente da “Carta”, qual seja:

“…Estimular todos os maçons para que se transformem em focos permanentes de luta contra a corrupção na sociedade, trabalhando ainda para difundir essa luta junto à todos os cidadãos com quem convivem..”

Neste diapasão, repudiamos qualquer anistia a crimes cometidos em processos eleitorais passados e a alteração sobre o texto original do Projeto, máxime, àquele que sob o dístico do “abuso de autoridade”, objetiva o engessamento das investigações do MPF e de atos judiciais, tudo no objetivo de coibir ou “amordaçar” investigações focadas na corrupção, obviamente, assegurado o livre contraditório e o amplo direito de defesa, garantidos na Constituição Federal Brasileira.

O direito de petiçao, seja ele público ou privado, é um dos pressupostos do princípio democrático e coibir esse direito ou constranger esse exercício legal, fere os mais comezinhos princípios da moral, da ética, da cidadania, com o qual não referendamos e repudiamos veementemente.

Não se pode em nome do livre exercício da cidadania, admitir qualquer ação proposta ou opinião emitida, por mais simples ou complexa que seja, reverta em objeto de ação de responsabilidade contra juízes, membros do Ministério Público ou da advocacia, sob pena de violação ao cumprimento do dever legal e do livre exercício profissional, seja ele qual for.

Recentemente aprovado o inesperado Projeto de Lei que versa sobre “abuso de autoridade”, em paralelo, mudanças na tipificação do crime de enriquecimento ilícito, mudanças na prescrição de crimes e a facilitação do confisco de bens oriundos da corrupção, quebram, sobremaneira, as melhores intenções já articuladas em um Projeto. Continuaremos na luta pelo resgate da dignidade no exercício do poder e envidaremos  todos nossos esforços na Câmara Revisional (Senado Federal) e ate mesmo na sanção presidencial, demonstrando de modo Pacífico e sereno o inconformismo que acomete grande parte da população com a aprovação desse Projeto, por muitos titulados como “lei da mordaça”

Nas palavras do Procurador Geral da República, Dr Rodrigo Janot:

” As 10 Medidas contra a corrupção não existem mais. O Ministério Público Brasileiro não apoia o texto que restou, uma pálida sombra das propostas que nos aproximariam de boas práticas mundiais. O Ministério Público seguirá sua trajetória de serviço ao povo brasileiro, na perspectiva de luta contra o desvio de dinheiro público e o roubo das esperanças de um país melhor para todos nós…”

E é esse posicionamento, com a mesma
Intensidade de frustração, que nos alinhamos com o Ministério Público Federal.

Para o bem das gerações futuras e pela punição aos corruptos e sem princípios que abusam da confiança do povo, firmamos o nosso compromisso de trilhar os caminhos da ética, da probidade administrativa e da moralidade pública, como norteadores de uma sociedade justa e perfeita.

Benedito Ballouk
Grão Mestre
GOSP-GOB


GEAP-SP faz primeira reunião com candidatos eleitos em 2016

Em noite histórica, maçons que assumirão cargos de prefeitos e vereadores em São Paulo puderam estreitar laços entre o próximo mandato e a Maçonaria

 

O Grupo Estadual de Ação Política (GEAP-SP) realizou nesta quinta-feira (24) a primeira reunião com os candidatos apoiados pela Maçonaria durante as campanhas municipais de 2016 em São Paulo.

O encontro ocorreu no Auditório Franco Montoro da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP), Zona Sul da capital, e contou com mais de 100 prefeitos e vereadores eleitos de diversas cidades, vice-prefeitos, secretários, deputados, veneráveis mestres e autoridades maçônicas.

O presidente do GEAP, Sérgio Rodrigues Jr., abriu o encontro lembrando que a Maçonaria tem presença marcante em todos os municípios e pode colaborar muito com os candidatos eleitos na construção de uma sociedade mais justa e fraterna.

Segundo ele, dentre as atuações do grupo estará a prestação de uma assessoria técnica aos políticos em áreas que não são de sua origem. “Quando um vereador se prepara para discutir na Câmara uma matéria da qual ele não tem conhecimento técnico suficiente, por exemplo, nas nossas fileiras encontrará pessoas habilitadas a ajudar voluntariamente. É um trabalho sem conotação partidária”, explicou.

O proponente do encontro na ALESP, deputado estadual Itamar Borges, afirmou que a Maçonaria pode ser uma interlocução de soluções e parcerias, e deu uma importante sugestão aos presentes.

“Nós temos o Grupo Local de Ação Política (GLAP) e o Grupo Regional de Ação Política (GRAP), instrumentos que o GEAP oferece. Vereadores, prefeitos e vice-prefeitos, levem isso a suas cidades, dialoguem com os veneráveis mestres, envolvam as lojas. A Maçonaria pode trazer muita qualidade de resultado na gestão e no mandato de cada um com essa parceria que é oferecida”, incentivou o parlamentar.

Para o vice-governador do Estado de São Paulo, Márcio França, que compartilhou diversas histórias e experiências, a política é indispensável no desenvolvimento da sociedade. “Não há espaço para nenhuma solução sem que haja política. Na Democracia você elege e, se não gostou, você tira. A Ordem consegue fazer isso”, frisou.

Todos os candidatos apoiados pelo GEAP que assumirão cargos de prefeitos e vereadores a partir de janeiro foram indicados por lojas do Grande Oriente de São Paulo (GOSP), da Grande Loja Maçônica do Estado de São Paulo (GLESP) e do Grande Oriente Paulista (GOP).

O Grão-Mestre do GOSP, Benedito Marques Ballouk Filho, destacou a responsabilidade dos maçons em representarem uma instituição com 194 anos de atividade proativa sem nenhuma mácula no Brasil.

“O GEAP é uma pedra bruta e a cada dia nós a lapidamos. O mais importante é a responsabilidade política, a ética, a probidade administrativa e a moralidade pública. Que nos próximos passos o programa faça com que as nossas lojas sejam as verdadeiras cobridoras da sociedade”, desejou o Grão-Mestre.

O coordenador do GEAP na GLESP, Nilson Ricardo Machado, acredita que a reunião expôs a necessidade da relação entre a política e a Ordem. “O evento de hoje é fundamental tanto para o posicionamento da Maçonaria na política quanto para a política conhecer o que nós podemos fazer por eles, como fizemos nas últimas eleições”, salientou.

Já o Grão-Mestre do Grande Oriente Paulista, Pascoal Marracini, destacou a união entre as potências. “Para nós é fantástico, porque mostra o congraçamento das três potências maçônicas. A Maçonaria precisa dessa união, ainda mais em prol dos candidatos que foram apoiados. Nós precisamos ter um olhar especial para o GEAP, pois com ele crescendo a Maçonaria também cresce”, disse.

O Poderoso Secretário Estadual de Relações Públicas do GOSP, Roque Cortes Pereira, ressaltou que um significativo resultado a partir da relação entre Maçonaria e política é o projeto de lei que inclui a disciplina “Cidadania” na grade curricular do ensino fundamental em São Paulo e já está em tramitação na ALESP.

No evento, o vereador paulistano Mario Covas Neto, que ao lado do prefeito eleito de Espírito Santo do Pinhal, Sergio Bianchi, representou todos os irmãos que assumirão cargos em 2017, sugeriu que a Câmara Municipal de São Paulo também receba mais encontros do GEAP para discutir questões relacionadas com a cidade.

Compuseram a mesa: o presidente do GEAP-SP, Sérgio Rodrigues Jr.; o Grão-Mestre do GOSP, Benedito Marques Ballouk Filho; o Grão-Mestre do GOP, Pascoal Marracini; o representante do Grão-Mestre da GLESP, Ronaldo Fernandes; o vice-governador Márcio França; secretário-adjunto de Turismo do Estado de São Paulo, Romildo Campello; e os deputados estaduais Itamar Borges, Aldo Demarchi e Welson Gasparini.

Por: David Nascimento

19 thoughts on “Principal

  1. Boa tarde meus amados IIr.´., venho por meio desta, solicitar uma cópia sobre o belissimo trabalho apresentado pelo Pod.´. Ir.´. Flávio apresentado no VII Seminário Maçonico na Loja 20 de Agosto N. 1818 em Boa Vista – RR, ficarei muito grato.
    Certo de Vossa habitual atenção, desde-já agradeço…

    Freternalmente

    Paulo Debastiani Neto -CIM 166.852 – IME 054.378

  2. Apóio a iniciativa dos IIr∴ no combate à corrupção. Devemos dar um basta nas mazelas desse país, deixadas por homens inescrupulosos que estão sob o juízo de Deus Criador. Por outro lado, devemos exercer o papel de investigadores e propagadores da verdade.
    Parabéns!
    Fraternalmente,

  3. O tempo decorrido é curto no calendário, mas intenso na vivência e no carinho com que convivemos com os amigos, IIR.´. e familiares.

    Feliz natal e um ano novo cheio de realizações!

    São os votos de Mauro Ferreira

  4. É de imenso prazer e privilégio,saber que no Estado de São Paulo,existem várias lideranças Justas e Ordeiras em um caminha para o Norte e muito sucesso!
    Sabemos que neste mundo de tantas pedras ásperas,mas também sabemos que ainda existem muitas Pedras Polidas e Esquadrejadas,Justas e Ordeiras.Neste mundo de valores invertidos,onde as corrupções impregnam,mas temos que ter a total confiança,que,estes valores irão ressurgir,pois,existem Pedras Polidas,e Deus Criador dará iluminação a todos os Irmãos. Um Tríplice Amplexo Fraternal a todos.

  5. Meu nome é Arnaldo Toral Hidalgo , estou na Ordem Maçonica há 22 anos, sou do GOP.´. com muita Honra , Estou lhes dizendo que Estou e P.´. e O.´. Sempre !! Cordialmetne: Toral .´.

  6. Prezados irmãos, a iniciativa sempre da Maçonaria, e sempre bem aceita inclusive pelos profanos maçônicamente falando, tem sido desde muito tempo cotada mesmo sem conhecer o termo “Homens Livres e de Bons Custumes” – tem compartilhado sempre que convidados a contribuirem com nossos eventos “da Maçonaria” em prol das comunidades carentes.
    Ainda, se conseguirmos colocar irmãos sinceros e dedicados no berço da nossa politica que CAÓTICA hoje em dia exposta aos nossos olhos, haja vista pelos resultados evidenciados em todas as esferas da política nacional. Dessa forma, acredito se em sendo nós Homens Livres e de Bons Custumes verdadeiramente falando e enpenhados com os objetivos de uma verdadeira política social a ajudar na melhoria aque se propoe de verdade ao bom estar da comunidade como um todo.

  7. Parabéns a iniciativa é o que precisamos, me coloco a disposição para a criação de um observatório em Araçatuba-SP, aguardo contato.

  8. Se cada um de nòs fizer a sua parte, apoiando iniciativas iguais a esta em nossas comunidades, seguramente construiremos uma sociedade mais justa para todos. A Maçonaria Brasileira é Digna o suficiente para carregar esta Bandeira. Nossos agradecimentos.

  9. Não importa onde estiverem as pessoas de bem, que praticam atos para o bens estar sentidas sociedade, elas podem estar nas igrejas, nas escolas, nas associações, nos quartéis, nos hospitais, em qualquer lugar…todos terão o meu apoio e respeito…

  10. Sou totalmente a favor e como e de meu habito colocar em pratica o que aprendemos em loja para tornarmos um mundo melhor na sociedade em que vivemos, politica brasileira, precisamos tambem cobrar mais de perto a postura de nossos semelhantes para que não se desvirtuem com o vicio da corrupção.

  11. Queremos devemos e podemos vamos acabar
    com a corrupção no Brasil
    corrupção tem jeito basta querer

  12. Estou de pleno acordo com esta indicação, este candidato tem todo o meu apoio se o seu objetivo for o mesmo da Maçonaria universal, varrer de uma vez por todas este mar de lama ao qual o nosso País se encontra, e mostrar para os demais países que o Brasil é um país Sério.

  13. Ação excelente dos maçons em tornar isto público a todos brasileiros, parabéns a todos os irmãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *